quarta-feira, 18 de abril de 2018

AUTORRETRATO


Em mim trago todas as cores,
amores e seus beija-flores.

Em mim trago as urgências,
pendências e suas reminiscências.

Em mim residem os sonhos,
planos e seus enganos.

De mim, sempre ofereço o melhor.
Por vezes, dos outros, colho o pior...
Mesmo assim verás sempre em mim todas as cores,
amores e seus beija-flores.

segunda-feira, 26 de março de 2018

SER OU TER?


Dormi com teu cheiro
acordei com sintomas de saudade...
Sinto ainda,
 no corpo, 
as fortes māos 
que ontem me afagaram...
Foi intenso, único,
foi o que tinha que ser.
Na alma, 
ficou um enorme desejo de ter.

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

PRIMAVERANDO


Dos poros,
exalam suaves aromas.
Minha alma já se vestiu de flores.
Careço,
ainda sentir,
as brandas gotas da chuva,
o leve pousar das borboletas,
o encantamento pelas cores...
E assim,
quem sabe,
também me cobrir de amores.

domingo, 3 de setembro de 2017

MINÚCIAS


Enxergamos a vida no maiúsculo.
Nas cores fortes,
no que se apresenta em primeiro plano.
Os olhos correm apressados
em busca do que ofusca.
As miudezas, quase sempre,
passam despercebidas...
 Só quando apreciamos
as pequenas delicadezas,
é que a vida ganha sentido.




quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

ESPERANÇA


Por mais que dela se distancie,
creia, 
num fio de desejo,
ela brotará reluzente...
De dourado vestirá corações aflitos
que nela muito confiam.
Seu brilhantismo tomará almas sombrias
que dela muito carecem.
Mas não alcançará multidões;
somente àqueles com olhos sensíveis,
capazes de se encantar 
com as cores do arco-íris.





sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

GOSTO DE SAUDADE


Num corredor qualquer
 do tempo,
um abraço imprevisível.
Depois mais um, e outro...
Não precisei o número exato,
posto que a saudade era infinita.
No espaço onde a alma passeia,
sem limites ou pudor,
deu-se o encontro...
E tão somente.
Deixaste-me ir com  teu cheiro,
e com a sensação de um sonho
sem arremate.

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

CONSIDERANDO


Espio a vida
e ela passa sorrateira,
no correr das horas, 
no correr dos dias...
Bom seria
 se eu corresse também,
incitada pelos desejos,
alcançando a vida,
antes que ela de mim escape,
num piscar de olhos
do tempo.